P A T R O C I N A D O R E S

Sub-16 Femininos - Campeãs Distritais

74º Título Distrital do Galitos


Na passada sexta-feira, antes da saída para o último jogo do Campeonato Nacional, a equipa de Sub-18 Masculinos, que se sagrou no passado mês de Janeiro Campeã Distrital, viu o seu título, o 74º da história do Galitos, ser representado numa tarja no hall de entrada do pavilhão.

8ª Jornada: Galitos/WEBER SAINT GOBAIN, 67 – Alfenense, 68 

Por muito pouco 
O equilíbrio foi a nota dominante num jogo em que, em termos físicos, a nossa equipa teve muitas dificuldades em parar o adversário na área próxima do cesto, a desigualdade no peso e altura dos atletas das 2 equipas foram determinantes no desfecho final do encontro. 
Foi um bom jogo de ambas as equipas, com equilíbrio constante no marcador, sem que nenhuma tenha conseguido fugir no placar e as 14 alternâncias na liderança demonstram isso mesmo. 
Fomos conseguindo manter-nos na discussão através da nossa agressividade e intensidade defensiva, que foi a chave para estarmos sempre em jogo contra o poderio físico dos nossos adversários. 
O jogo acabou por ser decidido nos instantes finais num momento em que não tivemos a felicidade do nosso lado. 
Estamos de Parabéns pela excelente atitude e empenho que demonstramos em campo. 
José Guerreiro 
Parciais: 18-18; 20-18; 10-15; 19-17 
Marcha: 18-18; 38-36; 48-51; 67-68 

Galitos: Vasco Silva, David Peralta, Simão Verde, Vasco Marques, João Costa, Gonçalo Almeida, Martim Rocha, Miguel Teixeira, Daniel Luzia, Gabriel Diaz e Leonardo Maio.

10º Encontro: MiniGalitos em Paços de Brandão




6ª Jornada: Galitos/KNOCK OUT, 56 – Olivais, 49 

Entrar bem e acabar pequenino 
O resumo do jogo está no título dado à crónica, começar bem, entrar a ganhar, manter a diferença ao longo dos períodos seguintes e acabar pequenino, a jogar pouquinho. 
Do jogo retiramos 2 aspetos importantes: percentagem de lançamento de campo ainda baixas e melhoria considerável nos lances livres com uma percentagem de 63%. 
Conseguimos também provocar muitos turnovers ao adversário fruto da nossa defesa pressionante campo inteiro. Outro aspeto importante é o número de assistência que conseguimos realizar, o que nos satisfaz bastante. 
Temos como objetivo melhorar a percentagem de lançamento de campo e diminuir o número de turnovers que ainda fizemos (26). 
P’los Galitos canta, canta... 
Sofia Pinho e Melo 
Parciais: 11-9; 14-11; 16-14; 15-15 
Marcha: 11-9; 25-20; 41-34; 56-49 

Galitos: Beatriz Pinto; Beatriz Ferreira; Inês Neto; Marta Martins; Francisca Lemos; Maria Vilarinho; Constança Matos; Beatriz Neves; Ana Urbano; Renata Santos; Ana Marques e Raquel Rua.

 
Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o presidente da Secção e jogador Master Álvaro Pires pelos seus 44 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

13º Encontro: MiniGalitos em Esgueira






Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o seu treinador das Sub-13/14 Femininas e dos Sub-14 Masculinos B Carlos Tavares pelos seus 32 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Sub-18 Masculinos - Campeões Distritais


http://treinadoresgalitos.blogspot.pt/2010/01/titulos-distritais-201011-sub-18.html

Na passada sexta-feira, antes da saída para o último jogo do Campeonato Nacional, a equipa de Sub-18 Masculinos, que se sagrou no passado mês de Janeiro Campeã Distrital, viu o seu título, o 73º da história do Galitos, ser representado numa tarja no hall de entrada do pavilhão.


14ª Jornada: Vasco da Gama, 75 - Galitos/INDASA, 62 

Lutar até ao fim! 
Partimos para o último jogo da 1ª Fase do Campeonato Nacional ainda com possibilidades de apuramento para a Fase Final Nacional. Para tal, teríamos de ganhar por mais de 5 pontos, margem pela qual havíamos perdido na 1ª volta. Tarefa difícil atendendo ao valor do adversário, mas que não nos intimidou, entrando no jogo com enorme motivação e vontade. 
Início de jogo com grande intensidade e enorme equilíbrio. Ao intervalo vencíamos por 2 pontos. 
Mantiveram-se as características no 3º período, sucedendo-se as alternâncias no comando e as situações de igualdade no marcador. 
A maior capacidade atlética do Vasco da Gama foi-nos desgastando e já no decorrer do 4º período este fator acabou por fazer a diferença. Lutámos até ao fim mas já não conseguimos anular a desvantagem. 
Apesar de não termos atingido a Fase Final Nacional foi uma excelente época, com a conquista do Campeonato Distrital de forma brilhante, com apenas uma derrota no 1º jogo da época ao qual se seguiram 22 vitórias consecutivas e, uma muito boa participação no Campeonato Nacional, lutando pela Fase Final até ao último momento. 
Parabéns a todos. 
António Barata 
Parciais: 17-18; 15-16; 18-14; 25-14
Marcha: 17 -18; 32-34; 50-48; 75-62

Galitos: Diogo Machado, Diogo Pinto, Vasco Silva, Miguel Silva, Simão Verde, Francisco Cordeiro, Martim Rocha, José Balseiro, João Costa, João Lima, Rui Jorge e Daniel Luzia.

Jogo 2: Carnide, 76 – Galitos/MATSURI, 64 

Quase uma cópia do jogo anterior 
O resultado negativo do 1º jogo deste play-off passou, de alguma forma, a pressão para o nosso lado. Sem margem para errar tínhamos de arriscar tudo para forçar o 3º jogo. Sabíamos que tínhamos uma tarefa difícil pela frente, agravada por não podermos contar com todas as nossas jogadoras. 
Entrámos mais uma vez bem, embora não tenhamos surpreendido a equipa do Carnide como tinha acontecido no jogo anterior. Apesar de jogarmos com qualidade e conseguirmos várias vezes bons lançamentos sem oposição direta, não estivemos bem ao nível da eficácia. No 1º período estivemos cerca de 4 minutos sem concretizar qualquer ponto permitindo à equipa da casa ganhar algum ascendente no marcador. 
O 2º período foi jogado com grande intensidade, com os ataques a superiorizarem-se às defesas e com as 2 equipas a marcarem mais de 20 pontos. A equipa do Carnide conseguiu levar para o descanso 8 pontos de vantagem. 
Depois do intervalo voltámos a quebrar ofensivamente. Continuámos a criar boas oportunidades de lançamento, mas a eficácia voltava a baixar. Para além disso, a frescura física começava a degradar-se e os erros sucediam-se. 
Entrámos no 4º período com uma desvantagem de 14 pontos. O cenário não era animador, mas a nossa equipa não abdicou do jogo e procurou reduzir a diferença no marcador desde o início do período. Conseguimos uma boa produção ofensiva (25 pontos marcados!) e chegar a estar a apenas 6 pontos atrás da equipa da casa quando faltavam cerca de 2 minutos para jogar. No entanto, cometemos 3 turn-overs no espaço de 30 segundos e permitimos que a equipa do Carnide marcasse alguns pontos na transição, aumentando de novo a diferença no marcador. 
De uma forma geral, conseguimos números muito próximos do Carnide em termos estatísticos. Curiosamente tivemos a mesma eficácia de lançamento da equipa adversária (41%), mas apenas lançámos 54 vezes contra 75 da equipa da casa. Esta diferença deve-se em grande medida aos segundos lançamentos que permitimos e que justificam a diferença no marcador: sofremos 12 pontos de segundo lançamento. 
Outro aspeto onde claramente tivemos desvantagem foi na defesa das jogadoras interiores: sofremos 40 pontos dentro da área. A diferença física e a rotação das equipas foram fatores determinantes para o resultado final. Em relação ao aspeto físico, tínhamos desvantagem em quase todas as posições e na maior parte do tempo. 
Por outro lado, as 2 equipas tiveram uma elevada rotação: as jogadoras do Carnide tiveram tempos de jogo entre os 10 e os 23 minutos enquanto que a nossa jogadora com menos tempo de jogo esteve em campo 14 minutos. No entanto, o Carnide utilizou as 12 jogadoras na rotação enquanto a nossa equipa só dispunha de 8, obrigando as jogadoras mais usadas a um maior desgaste. 
Este resultado, tal como o anterior, é enganador e avaliado de forma isolada, não demonstra a forma como fomos competitivos nesta eliminatória. Apesar de não conseguirmos passar para a ½ final, tivemos um bom desempenho e devemos estar orgulhosos pela qualidade do nosso jogo e pela atitude competitiva, honrando sempre a camisola do Galitos. 
Hugo Fernandes e João Cura 
Parciais: 11-06; 24-21; 18-12; 23-25 
Marcha: 11-06; 35-27; 53-39; 76-64 

Galitos: Mónica Ré, Margarida Cura, Raquel Gonçalves, Mariana Oliveira, Inês Afonso, Joana Silva, Rafaela Oliveira e Ana Santos.

Parceria MiniGalitos/ROYAL SCHOOL

Assinatura da renovação do Protocolo



Aproveitando a realização de mais um encontro no Galitos a Secção de Basquetebol formalizou a renovação de uma das parcerias mais antigas com a ROYAL SCHOOL OF LANGUAGE através da assinatura do protocolo de colaboração. 

A escola de linguas ROYAL SCHOOL OF LANGUAGE uma das referências nesta área é parceira do Minibasquete Galináceo há várias anos. 

Para além da assinatura do protocolo de colaboração com a Drª. Rosa do Céu, Fundadora e Diretora Geral da ROYAL SCHOOL OF LANGUAGE, o Galitos aproveitou a oportunidade para oferecer uma camisola oficial de jogo da equipa onde está o logo da empresa e pequeno troféu alusivo a esta época. 

O Galitos agradece mais uma vez a colaboração e a confiança depositada pela ROYAL SCHOOL OF LANGUAGE no nosso projeto... Obrigado.


MiniGalitos organiza encontro de Sub-12


O MiniGalitos/ADRIANO CARREIRA organizou 13º encontro de Sub-12 desta época.

Neste encontro, para além das 3 equipas do MiniGalitos, participaram ainda o Illiabum, o GICA e o GICA com 1 equipa cada.

Cada uma das equipas presentes disputou 3 jogos nos 3 campos disponíveis.



Seniores Masc perdem com Alfenense

Sub-16 Femininos perdem em Gaia

Sub-13 Masc empatam com Beira-Mar 

Sub-13 Fem empatam em SJ da Madeira


Os Seniores Masculinos perderam com o Alfenense por 67-68 na 8ª Jornada da 2ª Fase do Campeonato Nacional da 2ª Divisão. Frente aos líderes da sua série e num jogo extremamente equilibrado e com várias alternâncias no marcador o Galitos/WEBER acabou por perder apenas nos instantes finais depois de ter estado várias vezes na frente.

As Sub-16 Femininos foram a Vila Nova de Gaia perder com o Coimbrões por 66-58 após prolongamento na 13ª Jornada do Campeonato Nacional. O Galitos/FLOR DE AVEIRO, que vinha numa série de 5 vitórias consecutivas, acabou por permitir que as adversárias, na recta final, forçassem o tempo extra e vencessem nos 5 minutos suplementares.

Os Sub-13 Masculinos empataram com o Beira-Mar a 3-3 na 5ª jornada da 3ª Fase do Torneio Distrital. O Galitos/LA CLINIC que chegou ao 6º e último parcial a vencer acabou por perder o último período, que foi muito equilibrado e disputado, e assim empatar o jogo.

As Sub-13 Femininos também foram a SJ da Madeira empatar com a Sanjoanense 4-4 na 5ª jornada da 3ª Fase do Torneio Distrital. O Galitos/IRBAL entrou bem mas depois foi perdendo concentração acabando por permitir que as adversárias equilibrassem os parciais.


Sub-14 Femininos perdem na Figueira da Foz

Sub-14 Masculinos B derrotam GICA B


Após 5 jogos consecutivos realizados em casa as Sub-14 Femininos foram à Figueira da Foz perder com o Sp. Figueirense por 64-56 na 7ª jornada da Taça Nacional. Depois da vitória na última jornada frente a outro adversário da Associação de Coimbra o Galitos/KNOCK OUT não conseguiu repetir a vitória obtida na 1ª volta em casa frente a este adversário acabando por perder.

Os Sub-14 Masculinos B derrotaram a equipa B do GICA por 70-25 na 5ª Jornada da 2ª Fase da Taça Distrital. Num jogo de sentido único o Galitos B/LA CLINIC venceu de forma clara o seu adversário.

O MiniGalitos participou hoje com 2 equipas de Sub-8/ROYAL SCHOOL no Torneio organizado pelo Sp. Figueirense na Escola EB 2.3 Dr. João de Barros na Figueira da Foz.

Basquetebol do Galitos 
lança a sua Caderneta Oficial 
da temporada 2017/18

Adquire a tua caderneta e colecciona os "cromos" 2017/18
 


7ª Jornada: Sp. Braga, 67 – Galitos/WEBER SAINT GOBAIN, 61 

Jogo com muito equilíbrio 
Jogo que se adivinha difícil e com muito equilíbrio e foi isso mesmo que aconteceu no marcador durante os 40 minutos. 
Diversas alternâncias no marcador, apesar da equipa adversária ter estado mais tempo na liderança. 
Não conseguimos equilibrar a luta das tabelas e a nossas percentagens de lançamento foram mais baixas que nos últimos jogos e estes dados ajudaram a definir o resultado final. 
Não conseguimos no último período ter a maturidade necessária para vencer o jogo e a juventude e o desgaste de alguns jogadores acabou por ser determinante no desfecho final. 
José Guerreiro 
Parciais: 22-14; 11-17; 18-20; 16-10 
Marcha: 22-14; 33-31; 51-51; 67-61 

Galitos: Vasco Silva, David Peralta, Simão Verde, Vasco Marques, Martim Rocha, Gabriel Diaz, João Costa, Gonçalo Almeida; Luís Oliveira e Miguel Teixeira.

8ª Jornada: Galitos, 59 - Gafanha, 32 


Ritmos de jogo diferentes 
Era importante vencermos este encontro pois vínhamos de 2 derrotas e de muitas ausências e lesões nos jogos anteriores. 
Entramos um pouco apáticos e o resultado no 1º período foi o único período que teve equilíbrio. 
Depois disso tudo mudou, a nossa equipa acelerou para uma vitória sem contestação e com margem confortável e com um último período onde terminámos por diversas vezes em contra-ataque com cestos fáceis. 
Vamos continuar a trabalhar pois o nosso objetivo está muito perto e é já ali mesmo ao virar da esquina e apenas dependemos de nós próprios. 
Pelo Galitos Canta, Canta,…, Galo 
José Guerreiro 
Parciais: 10-11; 19-10; 10-06; 20-05 
Marcha: 10-11; 29-21; 39-27; 59-32 

Galitos: Luís Santos; Marcelo Azevedo; Tó Benjamim; Miguel Coelho; João Madureira, Jorge Naia; Daniel Félix; João Machado; Pedro Fonseca; André Pedrosa; Dinis Amorim e Nuno Morais. 


Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o seu jogador Sub-18 e Sénior e Treinador dos Sub-12 do MiniGalitos Simão Verde pelos seus 18 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.



Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o seu diretor e jogador Master António Benjamim pelos seus 48 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Sub-18 Masculinos perdem no Porto

Num jogo que decidia a última vaga para a Fase Final Nacional, os Sub-18 Masculinos foram ao Porto perder com o Vasco da Gama por 75-63 na 14ª e última Jornada do Campeonato Nacional.

O Galitos/INDASA chegou à última jornada com a possibilidade de chegar à Fase Final Nacional e para isso precisava de vencer por 6 pontos de diferença no Parque das Camélias, o sempre difícil reduto do Vasco da Gama.

A tarefa não era fácil mas os Galináceos não se intimidaram e entraram com muita personalidade e apesar do equilibro estiveram na frente em grande parte dos primeiros 20 minutos, ao intervalo lideravam por 32-34.

Na 2ª parte ainda estiveram a vencer pelo número de pontos que precisavam (6), mas o maior poder físico dos adversários foi fazendo a diferença, consoante os minutos foram passando. O Vasco acabou por dar a volta ao jogo e conseguiu uma vantagem que lhe permitiu gerir os minutos finais.

O Galitos está de parabéns pelo percurso realizado deixando uma excelente imagem em todos os jogos que disputou.

5ª Jornada: Galitos/KNOCK OUT, 43 – Maia Basket, 44 

A nota do jogo é equilíbrio quase total! 
O jogo com o Maia teve a tónica do equilíbrio ao longo de todos os períodos: 1º período empate, 2º período ascendente do Maia por 3 pontos, 3º período Galitos à frente por 1 ponto; último período Maia à frente por 1 ponto. 
Um jogo competitivo com ambas as equipas a quererem ganhar, muitas vezes a pressa foi a nossa maior adversidade. Queremos fazer tudo rápido e nem sempre sai tudo bem. 
A diferença entre as 2 equipas esteve essencialmente em 2 fatores: a eficácia no lançamento, enquanto nós precisámos de lançar 64 vezes para marcar 16 cestos, a equipa adversária apenas precisou de 40 para concretizar 15; e mais concentração na hora do lançamento, que é exatamente o que estamos a precisar. Criar tantas situações e depois não ter a eficácia que queremos, paga-se caro. 
Nos últimos segundos não tivemos o discernimento necessário para conseguir vencer. Precisamos de trabalhar mais e melhor. 
Continuamos na corrida, temos ainda o nosso objetivo para atingir. 
P’los Galitos canta, canta... 
Sofia Pinho e Melo 
Parciais: 09-09; 08-11; 14-10; 12-14 
Marcha: 09-09; 17-20; 31-30; 43-44 

Galitos: Beatriz Pinto; Beatriz Ferreira; Inês Neto; Marta Martins; Francisca Lemos; Maria Vilarinho; Constança Matos; Beatriz Neves; Ana Urbano; Renata Santos; Ana Marques e Raquel Rua.

4º Jornada: ASSCR Gumirães, 4 vs Galitos/LA CLINIC, 3 

Um jogo que estava ao nosso alcance 
Despertámos cedo para uma viagem longa. Bem sabemos que mesmo motivados, seria difícil jogar na casa de um adversário que nos colocou sempre muitas dificuldades e ainda mais aquela hora. No entanto compromissos são para se cumprir. Logo de início demos uma boa imagem. Aquecimento bem organizado, os pais a fazerem uma claque fantástica e desta forma estava tudo montado para um bom jogo. 
Até começamos bem. Defendemos de uma forma pressionante e conseguimos roubar muitas bolas. No ataque demorámos a acertar com o cesto, mas lá conseguimos. O facto de a equipa da casa não ter os recursos humanos para garantir a organização do jogo, fez com que o seu treinador tivesse que arbitrar e na mesa ficasse um pai que nunca fez paragens no marcador, nem mesmo no lance livre. Este facto fez com que o período fosse escasso para a marcação de pontos ficando assim uma vitória para nós por 0-2. 
Sem que nada o fizesse prever no 2º período tudo mudou. Defendemos mal, atacamos ainda pior. Muita confusão no ataque, pouca agressividade defensiva e nem mesmo as sucessivas chamadas de atenção mudou o rumo do jogo. Acabamos mesmo por perder o parcial exclusivamente por culpa própria. 
O 3º tempo foi uma cópia do 2º. Estávamos completamente presos à ideia que com lances individuais (1x1) conseguíamos dar a volta ao resultado o que acabou por não acontecer, naturalmente. 
A perder por 2-1, no 4º período era fundamental ganhar para manter a esperança de poder vencer o encontro. O nervosismo e a ansiedade tomou conta de nós e, apesar de equilibrado, permitimos muitas facilidades ao adversário, que mesmo sem grandes recursos conseguiu de uma forma organizada aparecer, por várias ocasiões, perto do cesto e fazer pontos. 
Nos 2 últimos períodos esgotámos os últimos “cartuchos”. Um empate e uma vitória ditou o resultado final e ficou a sensação de que podíamos fazer muito melhor. No final do jogo reconhecemos que o adversário esteve melhor. 
No entanto, fica um “amargo de boca” porque sentimos a vitória a fugir entre a mãos e fizemos pouco para a recuperar. Ficou a lição de que não há jogos ganhos antecipadamente e que os treinos servem para aprender, sobretudo quando estamos concentrados/focados no que estamos a fazer. 
Parabéns equipa... pelo galitos canta, canta... Galo! 
Miguel Coelho 
Parciais: 00-02; 06-04; 02-00; 07-03; 04-04; 02-04 (21-17) 
Marcha: 00-01; 01-01; 02-01; 03-01; 04-02; 04-03 

Galitos: Daniel Cardoso, José Alves, Francisco Saraiva, Sebastião Prata, Ricardo Soares, Jamal Baker, Miguel Gomes, Rafael Ferreira, Pedro Narciso, Miguel Trindade, Duarte Almeida e Tiago Amorim.

13º Encontro: MiniGalitos na Escola EB de São Bernardo 


No passado domingo, dia 13 de Maio, os sub-10 do Galitos participaram em mais um encontro, desta vez organizado pelo Beira-Mar, juntamente com as equipas dos Atómicos, Beira-Mar e Vagos. 
Como habitual, tivemos uma manhã repleta de basquetebol, com a realização de 3 jogos e um concurso do elimina. 
Com uma atitude que não tem sido habitual nos encontros, estivemos um ponto apáticos e desconcentrados, o que nos levou a sentir algumas dificuldades. No entanto, nos pequenos momentos em que “acordámos” conseguimos demonstrar aspetos positivos e selecionar bem os lançamentos, nos quais precisamos de melhorar a finalização. 
Este encontro serviu-nos de exemplo para compreendermos que temos de melhorar o trabalho durante a semana e que é fundamental estarmos concentrados em todos os momentos do jogo, para que isto não se volte a repetir. 
Todos os atletas estão de parabéns, sobretudo o Francisco Machado e a Inês Martins que representaram a nossa equipa na final do elimina. 
Por último, um grande agradecimento aos pais por estarem sempre presentes com o seu apoio. 
Rafaela Oliveira 

MiniGalitos: Francisco Machado, Afonso Pires, Inês Martins, Martim Martinho, Tomás Silva e Guilherme Oliveira.

Campeonato Nacional 
da 
I Divisão Feminina

CAD, GUIFÕES, COIMBRÕES E CARNIDE SEGUEM PARA AS “MEIAS” 

Carnide Clube 76-64 Galitos/Matsuri 
O Carnide Clube repetiu o triunfo da última semana sobre o Galitos/Matsuri, num embate que teve como principais jogadoras no emblema lisboeta Rute Araújo (15pts, 1res, 1as), Nilsa Chiziane (10pts, 3res, 1rb) e Joana Andrade (10pts, 2res, 1rb), sendo que no opositor de Aveiro assumiram as despesas Mariana Oliveira (16pts, 3res, 4as, 5rb, 1dl), Mónica Ré (12pts, 7res, 2as, 2rb) e Ana Santos (10pts, 8res, 4as, 1rb).
in FPB.pt

Campeonato Nacional 
da 
2ª Divisão Masculina

AD VAGOS, AC ALFENENSE, CHAMUSCA BC E CB QUELUZ SEGUEM NA FRENTE 

Norte B 
O AC Alfenense/Terra do Brinquedo assumiu a liderança do grupo (apesar de contar com um jogo a mais) depois de bater o GD Gafanha (78-76) e o SC Braga B (85-79), respetivamente.
A destacar ainda a segunda vitória consecutiva do Galitos/Weber, que superou a Ovarense B por 86-83.
No mesmo sentido, o GD Gafanha triunfou, em casa, diante do Fides GondoBasket que continua sem contar com qualquer êxito nesta 2.ª fase da prova.
in FPB.pt



Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a sua jogadora Sub-13 e Sub-14 Constança Matos pelos seus 12 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

;;
Galitos Basquetebol - Original Posting Rounders 3 Column | Design: Douglas Bowman | Modification: Ricardo Brito/João Cura